terça-feira, 23 de agosto de 2011

Congresso da União dos Estudantes Secundaristas de Piancó (UESP)

"SAUDAÇÕES A QUEM TEM CORAGEM"
Transformar o Brasil numa nação próspera, na qual os frutos da vida em sociedade sejam distribuídos igualmente, é um dos objetivos que unem milhares de estudantes país a fora. No entanto, esta estudantada unida compreende que esse sonho só se concretizará quando educação neste país se tornar prioridade.

Construí-lo não é tarefa fácil e, portanto, não basta ter vontade! ‘Quem quiser mudar o Brasil tem de ter vontade e coragem’! Coragem de ir à luta e TRANSFORMAR O SONHO EM REALIDADE. Cientes dos obstáculos a serem enfrentados e que organizar-se melhor maneira de ultrapassá-los, os estudantes secundaristas de Piancó, terra do diretor de comunicação da UJS-PB, fizeram história ao reativar a União dos Estudantes Secundaristas de Piancó (UESP). Se, no passado, estudantes resistiram a ditadura e derrubaram um presidente, a estudantada piancoenese quer entrar para a História como a juventude que dedicou-se a construir com força e rebeldia consequente um futuro melhor para todos os estudantes, defendendo ensino público, gratuito, universal e, sobretudo, de qualidade por meio da aprovação dos 10% do PIB para Educação.

O Congresso de Reativação da entidade estudantil destinou-se a discutir com seriedade a tragédia que é a educação pública nas três esferas de poder e a necessidade de cada um dos estudantes de cada uma das escolas, organizados, se tornarem agentes históricos no aperfeiçoamento do nosso país exatamente no ano da aprovação do Plano Nacional da Educação (PNE). Entre os presentes: o vereador Pádua Leite; José Luiz (Neguinho), ex-presidente da UESP; a presidenta do sindicato dos professores, Alcir Lacerda; e Francisco Paulino, presidente da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Emas (UEMAS).

“Pondo a boca no trombone”, os estudantes da rede pública estadual de ensino denunciaram o caos em que se encontra o transporte escolar para estudantes da zona rural: há três meses parado. À Meia-Entrada, que no município é quotidianamente desrespeitada, foi universalmente defendida pelos estudantes que insistiram em lembrar que não é favor de ninguém, é direito assegurado, inclusive, por lei municipal!

Defendendo o investimento mínimo de 10% do PIB para Educação, 50% do Fundo Social do Pré-Sal para a mesma, Assistência Estudantil, a instalação de uma Instuição Pública de Ensino Superior no Vale, entre outras bandeiras de luta, os secundaristas aprovaram como manifesto e orientação para a atividade a nova gestão da entidade um documento intitulado “SAUDAÇÕES A QUEM TEM CORAGEM”, compreendendo que quem quer ser agente transformador neste país não pode ficar só na vontade.

Além de Aliane Belchior Dias para a presidência, foram eleitos os seguintes estudantes para a direção da entidade estudantil que vai participar do 13º CONEG da UBES:
Do ENESA: José Carlos Barbosa da Silva, Maria das Dores, Maria Rossicleide J. e Silva, Karina Kelys Santos Araújo e Maria Cintia Rodrigues de Araújo
Do Colégio Compacto: Aleff Vinicius Araújo G. Passos, Álvaro Batista Lima, Carolna de Lourdes Lopes Rêgo, José Carlos Soares e Lunari Michel Luiz de França
Do Beatriz Loreiro: Alex Vinicius Soares Fernandes, Anna Carla da Silva Sabino e Gabriel da Silva Santana
Do Luciano Freire: Luana Belchior da Silva
Do Eliseu Freires: Dales Everton Lopes Fragoso

Um comentário:

Gostou do artigo? Comenta! Sua opinião é importantíssima.